CONCORRÊNCIA DESLEAL

Atenção: Não se deixe enganar!

O produto falsificado e contrabandeado, armazenado em condições precárias, pode representar um sério risco à saúde pela total ausência de controle da vigilância sanitária. Em análise de qualidade neste tipo de produto, foram detectados resíduos como perna de barata, asa de inseto e, o mais grave, spray de dedetização!

A comercialização de produtos contrabandeados e/ou falsificados constitui crime, ficando o infrator sujeito às penalidades previstas no artigo 190 da lei nº 9279/96 e nos artigos 334 e 334-A da lei nº 13.008/14.

Denuncie a falsificação e contrabando de charutos Habanos, enviando sua informação diretamente via correio para o endereço: Rua Vergueiro, 425 – Liberdade – SP - CEP: 01504-001 - Caixa Postal 78337. Caso prefira o anonimato, não há necessidade da sua identificação.

A ABCF (Associação Brasileira de Combate à Falsificação) também disponibiliza uma linha direta e exclusiva para a comunicação de qualquer irregularidade identificada no mercado, relacionada à falsificação de produtos. Clique aqui e denuncie!

No Brasil, estima-se que o mercado ilegal de charutos responda por cerca de 70% do volume consumido. O lucro fácil, as baixas penalizações existentes para o crime de contrabando/descaminho e as dificuldades na fiscalização tornaram o mercado ilegal de charutos no país uma atividade clandestina operada por brasileiros e estrangeiros.

A ilegalidade pode ser dividida em dois tipos de produtos:


  • • Contrabando ou descaminho: charutos que entram ilegalmente no país oriundos, notadamente, do Paraguai, Nicarágua, Honduras, Costa Rica e Cuba;
  • • Falsificação: venda de charutos cubanos falsificados, ou seja, produtos que imitam a marca e a embalagem do Habanos original, com o intuito de confundir o consumidor, se fazendo passar por um produto legítimo.

A diferença de preço entre o Habanos original devidamente importado pela Emporium Cigars e comercializados legalmente nas Tabacarias no Brasil e o produto ilegal vendido por contrabandistas e atravessadores é superior a 50%, caracterizando o comércio ilegal e a concorrência desleal.

Confira a origem do seu Habano em
http://verificacion.habanos.com

COMO IDENTIFICAR UM HABANOS ORIGINAL